Cuidar de idoso : Como preparar a rotina de um idoso com Doença de Parkinson.

Como preparar a rotina de um idoso com Doença de Parkinson.

Como preparar a rotina de um idoso com Doença de Parkinson.

De acordo com Silvia a coordenadora técnica da Home Angels Brasil  no cotidiano dos idosos o Parkinson é uma desordem interna acompanhada pela rigidez da musculatura das pernas e dos braços. E aí, vem a perda de equilíbrio que dá margem às quedas e fraturas e aparecem também os tremores, a depressão e os movimentos lentificados.

 Quando se convive com o idoso com esse diagnóstico é necessário muita paciência para que as atividades sejam realizadas em um tempo próprio dele, que só depende da evolução da doença e da capacidade de cada idoso. Pequenas alterações podem ser feitas de maneira geral mas vale avaliar o idoso que você convive para saber se terá impacto positivo e esperado.

As vestimentas podem ser as mesmas desde que adaptados com botões de pressão ou velcro, as calças podem ser de elástico na cintura e os cintos de fivela mais simples o possível , que não precisem de movimentos pequenos mínimos. As mulheres podem usar sutiã sem costura ou com velcro no local dos feichos, lembre se que toda atividade que tenha movimento pequeno será mais difícil e quanto mais frustrado idoso ficar mais aparente ficará a depressão ou mais acentuada esta se tornará.

Os tremores podem ser controlados com talheres com peso, ou peso de academia nos punhos, se quiser adaptação visualmente bonita uma costureira poderá fazer pulseiras com peso que possam ser usadas em qualquer ambiente. Caso o idoso tenha tremores durante o sono as pulseiras podem ser utilizadas ou uma coberta bem justa ao corpo.

Para colaborar na alimentação também existe adaptações para serem colocadas nos pratos como uma borda grande que não deixa a comida cair do prato. Para o movimento lentificado entra novamente a paciência , os comandos verbais sobre mudar o passo e os obstáculos que estão à frente e o que pode e deve ser feito. Quando for levantar um idoso o faça e aguarde o tempo para iniciar a deambulação, esse tempo serve para o organismo se adaptar, lembre-se de deixar com que o idoso realize suas atividades, principalmente aquelas que têm capacidade para fazer,  isso aumentará a estima dele e o manterá ativo por mais tempo . Siga-nos  para mais informações. Até a próxima!

Crédito nas imagens.

Nenhum comentário:

Postar um comentário